Assembleias virtuais – Cond. Morada Carioca

 In

Esse mês entrevistamos a Sra. Elaine Fonseca – síndica do condomínio Morada Carioca para saber como foi sua experiência em relação à assembleia virtual.

Confira abaixo:

[Protel] Como foi sua experiência?

[Sra. Elaine] Sem sombra de dúvidas posso dizer que a realização de uma assembleia virtual simplesmente trouxe uma imensa objetividade na tomada de decisões por parte dos condôminos, ao passo que evitou debates cansativos e extensos que fazem parte de uma realidade vivenciada entre os mesmos na maioria das assembleias presenciais, das quais muitas das vezes os ânimos se exaltam e assuntos extremamente importantes não são compreendidos e/ou decididos, onde esse foi o grande diferencial da assembleia virtual, uma vez que com o envio das propostas previamente à todos os condôminos, o respectivo esclarecimento das dúvidas por e-mail e, no meu caso, também por videoconferência, aduziu transparência, clareza e até uma certa proximidade entre o síndico e os condôminos no caso de videoconferência.

 

[Protel] Qual a importância de ter uma administradora parceira?

[Sra. Elaine] Justamente para que os procedimentos e ações sejam realizados de forma minuciosa, principalmente no tocante ao perfeito funcionamento do sistema a fim de minimizar falhas e problemas com a rede, é de suma essencialidade uma administradora com uma equipe capaz de conceder suporte em tempo real com o TI. A demais, faz-se por necessária a presença da gerente de contas responsável pelo condomínio que coordena e gerencia essa equipe, além de esclarecer presencialmente na administração, todos os condôminos que eventualmente compareçam por não terem ciência de como acessar o sistema sem contar com aqueles que realizam a atualização cadastral durante o período de realização da votação.

 

[Protel] Quais os pontos positivos da assembleia virtual?

[Sra. Elaine] Acredito que os principais pontos já foram demonstrados nas mensagens anteriores, dos quais insta destacar:

1- Objetividade na tomada de decisões;

2- Diminuição de debates e conflitos sobre diversos assuntos não constantes da Ordem do Dia;

3- Transparência e clareza em detrimento do envio prévio das propostas;

4- Aumento da procura dos condôminos para a realização de atualização cadastral;

5- Comodidade concedida aos condôminos no ato das votações podendo votar em qualquer lugar que possua acesso à internet.