Entenda o papel da administradora de condomínios

 In

“Síndico, Conselho, Convenção, regulamento interno, ata, assembleia, convocação, multa, cota, boleto”, essas palavras podem assustar quem nunca atuou na gestão de um condomínio. Questões financeiras como controle de caixa, controle de recebimento de cotas condominiais, inadimplência, pagamento a fornecedores com retenção de impostos; além da burocracia para selecionar, contratar, realizar pagamento, emitir contracheque e até mesmo demitir funcionários, são aspectos que geram bastante trabalho para os síndicos.

Todas as questões ficam fáceis quando se tem uma administradora séria e competente, com profissionais capacitados e expertise para conduzir e assessorar o corpo diretivo do condomínio, em todos os processos que podem vir a ser complicados. A administradora é quem faz este controle e permite que a transparência na gestão esteja sempre em primeiro lugar.

Papel do síndico e da equipe de administração condominial

O síndico é o representante legal do condomínio e deve ser eleito por maioria em assembleia. É ele quem deve autorizar os pagamentos e realizar contratação de fornecedores, com base no que foi aprovado por todos os moradores em assembleia. É também quem conduz as questões de convivência e, ao final do mês, recebe a prestação de contas mensal na íntegra.

Em condomínios de maior porte, se faz necessário uma equipe para realizar a administração das questões operacionais (o que chamamos de Staff), que dependendo do perfil do empreendimento pode ser composto por um gerente, auxiliar administrativo, entre outros. Essa equipe fica incumbida por observar a limpeza das áreas comuns, verificar o funcionamento de equipamentos, problemas estruturais para a realização de manutenção, realização das atividades da equipe operacional (porteiros, manutenção, jardineiro) e demais tarefas pertinentes ao dia a dia do condomínio.

Serviços de uma administradora

A Protel enquanto administradora de condomínios realiza assessoria em relação a todo o trâmite legal e administrativo-financeiro do condomínio. É ela quem deve assessorar síndicos, gerentes e auxiliares que estejam de frente no dia a dia de um condomínio.

O papel de uma administradora vai bem além de administrar os bens de um empreendimento, passa antes de tudo, por zelar pelo bem-estar comum, devendo ela sempre compreender que acima de um condomínio, existem pessoas.

Acesse o site da Protel e confira o que de melhor podemos lhe oferecer.

Acompanhe também as nossas redes sociais, como Facebook e Instagram.