Protel adota novo método para inibir reprodução indevida de boletos

 In

A partir de setembro/2018, os boletos físicos da Protel que serão enviados para as unidades por ela administradas, passarão a vir com uma faixa de segurança que identificará cópias, pois ao ser reproduzido, a tarja de segurança sinalizará mensagem “falso” no corpo do boleto. O método tem como objetivo inibir fraudes e reprodução de boletos de forma indevida. A princípio os boletos gerados digitalmente não terão este dispositivo.

Isso por ter sido identificado que fraudadores estão extraviando correspondências originais, digitalizando e alterando o “código digitável” ou mesmo o código de barras de boletos de inúmeras empresas, fazendo com que o pagamento seja direcionado para outras contas. Ricardo Gomes, Gerente de Desenvolvimento de TI da Protel, alerta que é importante manter a atenção ao outros procedimentos de segurança já noticiados pela Protel. “O novo método dificulta a fraude, mas infelizmente não a torna impossível. Os fraudadores sempre se reinventam, mas estamos atentos para evitar problemas e oferecer mais segurança aos nossos clientes”, conta.