Novos procedimentos para medição de ruídos.

 In

A vida em sociedade requer respeito à individualidade de cada um. A premissa de que “o seu direito acaba onde começa o do outro” deve ser sempre levada em consideração, principalmente quando o assunto é convivência em condomínios. Em todas as atitudes, seja enquanto morador, inquilino, anfitrião ou mesmo visitante, é preciso ter bom senso e atenção às regras de cada local. No condomínio elas se darão através do regimento interno e da convenção condominial que possuem a função de manter a boa relação entre todos, além disso, existe a constituição federal, o código civil e leis específicas para manter a ordem em toda a sociedade, o que não exclui o condomínio.

Por mais que as regras existam, nem sempre as pessoas estão atentas a elas ou as conhecem de fato, desta forma é muito importante comunicá-las de forma clara e direta. Tendo isso em vista, com base nesta necessidade, a Protel ressalva a norma ABNT NBR 10151:2019 que estabelece procedimentos para medir e avaliar níveis de pressão sonora em áreas habitadas.

Ela estabelece os procedimentos técnicos a serem adotados na execução de medição de níveis de pressão sonora em ambientes internos e externos de edificações.

 

A ABNT NBR 10151:2019 estabelece:

  • procedimento para medição e avaliação de níveis de pressão sonora em ambientes externos às edificações, em áreas destinadas à ocupação humana, em função da finalidade de uso e ocupação do solo;
  • procedimento para medição e avaliação de níveis de pressão sonora em ambientes internos às edificações provenientes de transmissão sonora aérea ou de vibração da edificação, ou ambos;
  • procedimento para avaliação de som total, específico e residual;
  • procedimento para avaliação de som tonal, impulsivo, intermitente e contínuo;
  • limites de níveis de pressão sonora para ambientes externos às edificações, em áreas destinadas à ocupação humana, em função da finalidade de uso e ocupação do solo e requisitos para avaliação em ambientes internos.